Resenha: Brain Man (J-Movie)

Finalmente estou de volta! Não que eu tenha saído, mas é porque mês passado era final de semestre e não estava nem conseguindo respirar direito. Mas agora estou de fériasss o/ Tem coisa melhor do que acordar mais tarde e ainda saber que não precisa correr atrás de coisa pra entregar no outro dia? Adoro! hah Ontem eu assisti Brain Man e aqui estou eu para resenhar um pouco sobre essa obra-prima! 


Título: Brain Man - 脳男
Gênero: Ação, crime, detetive, mistério, psicológico e Sci-fi.
Episódios: 1 (2ho5min.)
Ano: 2013
Nota: 09/10

Em uma pequena cidade no Japão, uma série de casos de explosões começam a acontecer. Ichiro Suzuki, conhecido como "Brain Man", é apontado como cúmplice. O misterioso homem tem excelente memória, grande inteligência e um corpo perfeito, mas não parece ter emoções humanas e nem sentir dores. A neurocirurgiã Mariko Washiya, que tem seu próprio trauma pessoal, acredita que a natureza humana é fundamentalmente boa e tenta salvar criminosos. Ela, então, torna-se interessada  no cérebro do homem e trabalha para descobrir a verdade.


Bom, quem já leu minhas outras resenhas sabe que eu amo dramas desse gênero. Esse filme resume de tudo um pouco, ação, crime, mistério, psicológico e ficção cientifica. Ou seja, uma ótima opção para meu sábado a tarde! Depois tentarei explicar o porquê que eu deu 9.
Eu tinha acabado de assistir Unobore Deka (que também é detetive, mas com muita comédia), ontem assisti Brain Main e logo em seguida comecei assistir Maou (Sim, é de crime e detetive também ;p). Ou seja, uma injeção do meu lindo Ikuta Toma. Ele participa de todos os três mas se você parar pra olhar, são três personagens totalmente diferente. Como estamos falando de Brain Man, vamos ao que interessa.

Ikuta Lindo Toma

Ichiro Suzuki (Ikuta Toma) é um homem-robô. Não no sentido literal. Ele era um homem comum que aparentemente não tinha emoções e não sentia dor alguma. Tinha a visão e memória excelentes, super inteligente e uma força incomum. Inicialmente é visto como o responsável pelas explosões mas depois descobrem que ele só queria fazer a justiça pela suas próprias mãos.

Mariko Washiya (Matsuyuki Yasuko) é uma neurocientista que acredita que ainda há esperança para aqueles que cometem crimes horríveis, então ela passa a cuidar desses criminosos. Quando conhece Ichiro, é a primeira a acreditar que ele havia sim sentimentos, então começa a estudá-lo, criando algum laço.

Detetive Chaya (Eguchi Yosuke) é um dos responsáveis pelo caso das explosões que vinha ocorrendo na pequena cidade. Ele é o primeiro a reconhecer que Ichiro não era o responsável pelos crimes, mesmo não gostando muito do Ichiro.

Noroko Midorikawa (Nikaido Fumi) é a grande criminosa por trás das explosões. É retratada no filme com grandes transtornos psicológicos e comportamentais. Logo depois de quase ser morta por Ichiro, descobre que ele mata sem qualquer hesitação e fica obcecada por ele, justamente por ele "ser igual a ela", mas no final só quer matá-lo "para seu próprio bem".

Tem vários outros personagens que ajudam a construir o enredo, mas esses aqui são os essenciais.

Bom, já que é um filme, vou ter que me segurar. Se eu for fazer assim como nas outras resenhas, contarei todo o filme de duas horas aqui nesse post.

Quanto a produção do filme, não acho que Hollywood faria melhor. Não, isso não é uma ironia. Eu amei cada cena, foi tudo muito bem filmado e construído. As cenas de ação foram as melhores. Sério, vocês têm que assistir esse filme.



A doutora tentando ajudar um garoto em uma das explosões.

Amei o roteiro também. Não é aquelas coisas tipo "Oh meu Deus, nunca imaginaria isso!" ou "Que inovador!", mas o que eles fizeram foi muito bem feito. Ao decorrer da história, nos é mostrado como cada personagem lida com esses criminosos e seus crimes, que estão cada vez mais frequente na nossa sociedade. A razão pelo meu nove é justamente por achar que faltou algo na história. No filme mostra o porquê dele agir dessa forma, mas depois disso, pelo menos pra mim, parece que ficou um buraco. Eu acho que é porque é um filme, e não estou acostumada a assistir muitos filmes, ai como gostei muito, eu queria mais (hehe). Mesmo assim o filme é uma obra-prima. Ele está em alta entre os viciados e dramas, todos que assistiram falam muito bem.

A atuação foi perfeita! Enquanto eu assistia o Ichiro, sem expressão e sentimento, eu esquecia que era o mesmo ator que fez o idiota e cara irritante do Sadame (Unobore Deka) e pior, o meu lindo e a razão por eu ter me apaixonado pelo Ikuta Toma, Nakatsu (Hana Kimi). Sem contar a doida da Midorikawa. Sério, ela não parecia a mesma menina inocente do ensino médio de Mirai Nikki (Sim, não sei o nome da personagem dela rs). As vezes dava vontade de dar é um chute naquela cara dela haha OTL. 
Minha surpresa foi ter encontrado adivinha quem lá? Mitsuishi Ken! Pelo nome acho que vocês não conhecem, mas sério, ele está de intruso em todos os doramas que assisto! Mas mesmo assim ele é ótimo também!

Menina que dá vontade de socar, mas amei a atuação dela.

Adorei a relação que a doutora tinha com seus pacientes e principalmente com o Ichiro. O jeito calmo que ela tratava os criminosos mesmo sendo vitima também, foi um ponto importante no filme. Acho que as cenas entre ela e o Ichiro foram pouco exploradas, e se fosse um dorama, só eu que acho que poderia até rolar um romance no meio? haha não sei se o diretor pensaria isso, porque ela é bem mais velha que ele, mas quem sabe né... Ah, a relação do Detetive Chaya com o novato era a coisa mais fofa, aliás, o novato era muito fofo, mas... Não quero dar spoilers :x

Algumas cenas.

Algumas cenas de violência e tortura dava uma leve nervoso de ver, mas nada tipo jogos mortais nem nada. Só uma gastura na hora lol. Mas meninas, isso tudo compensava só de ter o Ikuta Toma na telinha haha Se tiver algum menino lendo isso, me desculpa. Me empolguei haha :P



Nem preciso comentar né Ichiro e suas cicatrizes.

Bom, é isso. Acho que já contei até de mais. Acho que esse filme podia ser um dorama, porque assim poderíamos aproveitar mais de toda essa ação, crime e tudo que nós (eu, pelo menos lol) gostamos!

Sim, eu indico muuuuito esse filme pra quem gosta desses gêneros! E o melhor: Legendamos esse dorama! Se quiserem assistir legendado cliquem aqui!

Já assitiram? O que acharam? Se não, pretendem? :) Deixem seus comentários.

Ahh, agora nosso blog tem uma página no Facebook! Curtam lá porque sempre estamos postando nossos projetos e coisas interessantes lá! Clique AQUI para acessar a página. Ou alí na caixinha que tem ao lado :)
 photo ks_zps08006ea3.png

Um comentário:

  1. Obrigada por legendarem! Estava procurando este filme deste o ano passado.

    ResponderExcluir